Boku no Hero: One’s Justice

Você com certeza já leu o mangá ou viu o anime de Boku no Hero. Nunca leu? Nunca viu? Então pare um pouco pra assistir um pouco da série, você não sabe o que está perdendo. Antes disso vamos falar do primeiro jogo mais esperado desse grande título Boku no Hero: One’s Justice. Vamos começar falando da jogabilidade. Se você é daqueles players novatos em jogos de lutas, incapaz de soltar um hadouken sem usar a camisa, esse jogo é muito mais simples seus comandos são apenas apertar o botão e já era. Existe dois modos de jogar: modo manual e modo normal.

Modo Manual
Não solta os combos apenas apertando o botão. É necessário aprender como funciona cada técnica do seu personagem e como aprender a cancelar os golpes, o que na verdade não é difícil.  O botão de DASH cancela o golpe, ou seja não é algo como cancelar seu shoryuuken, dar um dash pra frente e soltar o especial. É coisa do tipo golpe fraco 3x+ dash+ golpe fraco 3x+ especial (que é apenas 2 comandos também, não existe meia lua).

Modo Normal
Solta combos apenas apertando o botão de golpe fraco, golpe forte e etc… Bom pra quem está começando e não entende muito bem do jogo. Mas tem uma coisa interessante é que ele não é tão limitado assim como muitos hardcores pensam. É possível realizar o mesmo combo no modo manual e é sim possível cancelar do mesmo jeito.  A diferença é que o modo manual é mais pratico pra combos mais complicados.


Menus
O jogo tem vários modos, é possível jogar com players local, online mas o modo story também é bem grande com o conteúdo igual do anime.

Story Mode
Story mode segue a história do anime, logo depois do campeonato entre os nosso heróis e vai até o momento que o All Might luta contra o All for One. Infelizmente você não vai poder jogar com todos os personagens nesse modo, é limitado cada batalha de um á três personagens específicos. Dura em torno de 3~4 horas para acabar todas as missões. Zerando o modo story você consegue destravar o All for One.

Mission Mode
Pra quem jogou Dragon Ball GT (Final Bout) então vai se familiarizar com esse modo. A medida que você vai jogando com os personagens eles vão aumentando o nível então é praticamente impossível completar as missões logo de primeira, já que seu damage é muito baixo e sua defesa é quase nada. Pra cada fase existe uma certa quantidade de missão, quando você terminar a missão ganha uma recompensa. No geral, roupa ou imagem pra customizar seu avatar

Free Battle
Batalha local. É possível jogar contra um amigo ou contra o CPU.

Training Mode
Modo de treinamento, mostra os comando que você fez, quantidade de damage e é possível treinar contra o CPU também.

Network
Batalha online. Existe o modo ranqueado e free battle. No ranqueado já estão os mais hardcores, normalmente estão os heróis mais fortes do jogo. No free battle você encontra todo tipo de players, desde os mais fracos até o mais fortes.

Player Customize
Esse menu server pra customizar sua plaquinha no multiplayer

Character Customize
Nesse menu é possível customizar as roupas e vozes dos personagens mas pra dizer a verdade é bem limitado a quantidade de itens. O All Might mesmo só tem quatro roupas, no geral varia em torno de mais ou menos 10 roupas mas tipo só um salva. Mas os acessórios são bastantes e é possível sim tornar o seu personagems único. Para comprar os itens você precisa usar a moeda no jogo ou completando missões.

Gallery
Aqui é possível ver todos os Cut Scenes, ouvir as músicas do jogo, ouvir as vozes dos personagens, ver os modelos dos personagens e ver as sua plaquetas que você destravou pra usar no modo online.

Config
Aqui você pode alterar a dificuldade, controle e alterar o volume do som jogo. Bem simples.

Personagens
Mas o que torna interessante é a individualidade de cada personagem, o Deku mesmo tem tanto o estilo do All Might quanto o Shooter Style. Tem personagens que é muito rápido como o Iida, outros personagens que tem um alcance muito baixo como o Bakugou mas dá pra cancelar quase todos os golpes ou até mesmo o tão famoso Todoroki que é voltado pra combate a longa distância. Mas antes de você escolher seu personagem favorito, me deixe te recomendar dois personagens secundários ridiculamente forte.

Kaminari Denki
Aquele personagem que quando solta choque demais fica no modo “Ueeeeei!”. A diferença é que neste jogo ele é super OP, é possível sim cancelar esse modo “ueeei!” só que o jogo não explica isso. E você pode usar como suporte a Tsuyu-chan pra evitar damage e cancelar esse modo ueeeeei. Mas além do damage ser super OP, o alcance do golpe normal é ridiculamente grande mas o especial nível 1 pega praticamente a tela toda. Sem contar que os combos são bem simples e fácil.

Kyoka Jiro
A minha main atual. O dano dela é baixo mas é possível limitar muito fácil o seu inimigo. Os combos são um pouco mais complicado e difícil só que é uma delicia quando você solta uns 30 damage com ela. O skill dela solta um golpe que deixa atordoado os inimigos podendo combar seus oponentes. Mas é como falei os damage são um pouco mais baixo que o normal, é necessário usar todo suporte possível.

Desvantagens
Mas existem duas desvantagens desse jogo. A primeira coisa o NOW LOADING, é rídiculo a necessidade de now loading até mesmo pra entrar no options. Pra qualquer coisa mesmo tem que ficar uns segundos carregando, achei isso muito rídiculo ou vai ver é porque eu peguei a versão do Nintendo Switch, as vezes do PS4 é melhor. A segunda desvantagem é cair fora do ringue, SIM EXISTE RINGUE. Se você encostar no chão fora do ringue já era, morreu, perdeu. Lembrei de quando tava lutando contra o PC e foi 5 segundos pra derrota-lo, soltei um combo no ar e ele simplesmente caiu fora do ringue. Achei isso meio desnecessário.

Conclusão
Boku no Hero One’s Justice é um excelente jogo pra quem é fã da série e pra que também não é. Um jogo bem simples e fácil de aprender mas como falei cada personagem tem uma habilidade única. Existe também os hardcores que gastam mais de 300 horas jogando o ranked mas no geral a maioria são noobs (joguei só contra uns caras que soltavam poder e não sabiam combar no free). Apesar da mecânica do jogo ser simples, cada suporte tem uma habilidade que pode te salvar do combo, ajudar no combo ou até mesmo conseguir criar outro combo.
O preço foi meio salgado no lançamento mas eu recomendo muito a galera comprar. Eu pensei que seria um joguinho mais ou menos e por isso comprei pro Switch, pra jogar com a galerinha na escola, trabalho sabe. Mas o jogo superou demais minhas expectativas.
Talvez ainda bote um review com combos de cada personagens mas deixa o jogo lançar no ocidente e ver a reação da galera. Por enquanto apenas vai assistindo uns gameplays no Youtube